Polícia Civil fecha comércio de tartarugas em Costa Marque

Animais e ovos foram apreendidos

A Polícia Civil por meio da Delegacia de Costa Marques com apoio da Polícia Militar realizou na manhã desta quarta-feira a apreensão de nove tartarugas e a quantidade de 148 ovos prontos para serem consumidos ou comercializados.

Ocorreu uma denúncia anônima dando conta do comércio de tartarugas no local.

O delegado Reinaldo Reis compareceu pessoalmente no local da denúncia e uma criança ao ver o delegado o perguntou se ele queria comprar tartaruga, e o levou para ver as tartarugas. Em uma das casas havia uma espécie de galinheiro com três tartarugas, ovos na geladeira e vários cascos já consumido, inclusive sinal de ter sido tirado a carne muito recente.

Na residência vizinha foram encontradas mais seis tartarugas, uma dentro de uma caixa d’água e outras cinco no terreiro dentro de sacos de estopas. Nessa casa duas pessoas foram conduzidas para Delegacia de Polícia Civil de Costa Marques, serão interrogadas e o delegado irá deliberar sobre a prisão ou não dos conduzidos.

A soltura dos animais será realizada no Rio Guaporé, no local denominado praia do Curralinho e deverá ser acompanhada por servidores da SEDAM, Judiciário, Promotoria Polícias Civis e Militares.

O delegado Reinaldo Reis coordenou os trabalhos e conta com o apoio da população através de denúncias anônimas para combater a pesca predatória destes animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *