A imprensa local publicou uma carta que Vizcarra enviou no dia 24 de maio ao promotor Walker Ríos Calisaya, do Segundo Escritório Especializado em Anticorrupção, na qual lhe comunicou que se põe à sua disposição para responder às investigações.

– Agência EFE