IFRO é autorizado a promover funcionamento do Campus Avançado São Miguel do Guaporé

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) foi autorizado a promover o funcionamento do Campus Avançado São Miguel do Guaporé. A autorização foi publicada no dia 28 de dezembro de 2018, através da Portaria nº 1.429. O município já conta com um polo de Educação a Distância, em parceria com a Prefeitura Municipal, onde são ofertados cursos técnicos de nível médio (Informática para a Internet), além de parceria com o estado de Rondônia, na oferta do Curso Técnico de Cooperativismo em escola estadual.

“Agora o Campus Avançado São Miguel do Guaporé se configura como unidade presencial. Já temos uma parceria com a Prefeitura e estamos atuando no município desde 2014 com um polo EaD, que será ampliado e ofertará mais cursos a partir desta autorização de funcionamento da unidade presencial. Teremos a oferta de novos cursos EaD, inclusive cursos superiores, com a previsão para 2019 do curso Superior de Gestão Pública e dos cursos técnicos em Comércio e Segurança do Trabalho”, explica o Reitor do IFRO, Uberlando Tiburtino Leite.

Já a oferta de cursos presenciais, segundo o Reitor, será realizada após uma ampla pesquisa de demanda, executada pelo Observatório do IFRO, “[…] para que o IFRO consiga perceber qual demanda de oferta em curto prazo pode ser atendida, como cursos de formação inicial e continuada. Esta pesquisa também vai gerar informações a respeito de cursos que tenham uma demanda mais duradoura, trabalhando desta forma a oferta de cursos regulares, tanto de nível médio quanto de nível superior, além de apontar ações de pesquisa e extensão para o Campus Avançado de São Miguel do Guaporé e de municípios da região da Zona da Mata”, observa, acrescentando que a pesquisa vai definir o perfil de atuação do campus (agrícola, industrial, serviço e negócios, etc).

Próximas ações

A partir de fevereiro de 2019 ocorrerá a nomeação da equipe gestora, com a atribuição de realizar o planejamento das ações em conjunto com a Diretoria de Educação a Distância do IFRO, dialogando sobre os cursos que serão ofertados inicialmente no polo. “Iniciaremos também a discussão do projeto da estrutura física do campus, já que neste primeiro momento estamos utilizando a estrutura do CEEJA [Centro Estadual para Educação de Jovens e Adultos]”, informa Uberlando.

O Reitor aponta que o Instituto Federal já estuda a implantação do campus em um terreno doado pelo município. “Já temos uma área adequada para o funcionamento da unidade que foi doado pela Prefeitura”, comenta.

Uberlando destaca que o IFRO possui ações consolidadas na área de formação de pessoas, em todos os níveis, inclusive na formação de trabalhadores por meio de cursos de curta duração, pesquisa aplicada e extensão tecnológica, tanto voltada para o setor do agronegócio quanto para o mercado de trabalho e também na área social. “Além de ações voltadas para o atendimento de capacitações em conformidade com os arranjos produtivos locais, o IFRO estando de forma presencial terá a condição de ajudar na capacitação de servidores das redes estadual e municipal melhorando os indicadores não só das pessoas que acessarão diretamente a instituição, mas também das pessoas que estão frequentando essas redes. A contribuição que o IFRO pode oferecer para a região de São Miguel do Guaporé é significativa e esperamos dar esse retorno e atender as expectativas da sociedade”, finaliza.

Sobre o IFRO

Atualmente o IFRO conta com mais de mil servidores em seu quadro efetivo, entre técnicos administrativos e docentes. Além da Reitoria em Porto Velho, nove campi compõem o Instituto Federal de Rondônia: Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Porto Velho Calama, Porto Velho Zona Norte e Vilhena. No dia 29 de dezembro de 2018, o IFRO completou dez anos de atuação no Estado, ofertando 80 diferentes cursos nos níveis técnico (integrado, subsequente e concomitante ao ensino médio), graduação (licenciatura, de tecnologia e bacharelado) e pós-graduação (especialização e mestrado), além de cursos de Formação Inicial e Continuada (em 2018, foram ofertados mais de 45 cursos).

– Fonte: ASCOM/IFRO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *