Explosão de carro-bomba em Mogadíscio deixa pelo menos 12 mortos e 15 feridos

Pelo menos 12 pessoas morreram nesta segunda-feira e 15 ficaram feridas após a explosão de um carro-bomba perto de um shopping na capital da Somália, Mogadíscio, informaram à Agência Efe fontes policiais.

O agente Mohammed Abdukadir, presente no local dos fatos, confirmou à Efe esses números poucos depois do ataque, cometido no bairro de Hamar Weyne, perto da escritório do governador da região administrativa de Banaadir, que inclui Mogadíscio.

A explosão, que foi condenada pelo Ministério de Segurança da Somália, provocou também grandes danos materiais em lojas e restaurantes da zona, isolada pelas forças de segurança.

O grupo jihadista Al Shabab reivindicou o ataque ao assegurar que seu objetivo era atentar contra funcionários governamentais que frequentam esses comércios, indicou a imprensa local.

O Al Shabab também reivindicou hoje o assassinato do alto executivo maltês Paul Anthony Fermosa, que trabalhava para a empresa estatal DP World como gerente do porto da cidade litorânea de Bosaso, na região de Puntlandia.

O ataque em Mogadíscio aconteceu depois que pelo menos sete pessoas morreram e cinco ficaram feridas na terça-feira após a explosão de dois carros-bomba na capital.

– da Agência EFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *