Alunos colocam em prática Projeto JEPP do Sebrae em Rondônia

Crianças de seis a dez anos, professores e comunidade participaram de feira empreendedora na escola Cor de Jambo

A escola de Ensino Fundamental I, Cor de Jambo, localizada no bairro Caladinho, em Porto Velho, realizou no sábado, dia 10, a segunda edição do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) 2018, que tem por objetivo despertar, desde cedo, um pensamento empreendedor. Crianças de seis a dez anos de idade, professores e comunidade participaram da feira empresarial que aconteceu dentro da escola e trouxe temas variados, a maioria, do ramo alimentício. Foi o resultado de meses de teoria e de capacitações realizadas pelo Sebrae aos educadores.

“A gente se sente muito feliz com esse resultado! O projeto JEPP é nacional, de educação empreendedora, que compreende desde o ensino fundamental até o ensino superior. O Sebrae repassa, através de cursos de capacitação, as informações sobre empreendedorismo, que os educadores repassam aos alunos, de forma didática, conforme a idade. Eles montaram um plano de negócio e hoje, aqui na feira, podemos ver o resultado desse trabalho realizado”, disse Cleide Pereira, coordenadora estadual JEPP.

Rita de Cássia, analista técnica do Sebrae, afirma que esse projeto émuito importante, pois estimula o espírito empreendedor nas crianças. “Por isso que o Sebrae desenvolveu metodologias a serem aplicadas no ensino fundamental, porque é desde cedo que a gente começa a trabalhar assuntos ligados à gestão empresarial. A gente sabe que a escola já tem sua grade curricular, porém os projetos que estão sendo inseridos preparam esses alunos para a vida também”, esclareceu.

“Devido ao grande sucesso que foi no ano passado, este ano resolvemos participar do JEPP novamente e, mais uma vez, estamos muito satisfeitos com os resultados. As crianças estão amando e conseguimos trazer a comunidade para dentro da escola, estimulando o aluno a ser um empreendedor. As crianças aprenderam muito, até mesmo como gerir a própria vida, nesse sentido do capital, em como investir, o que vai dar certo, então para eles, que vivem em uma comunidade menos favorecida, esse trabalho foi muito valoroso. Parabenizo o Sebrae por esse projeto”, falou Fátima Bonato, diretora da escola Cor de Jambo.

A turma do 4º ano, coordenada pela professora Mariza Cardoso, trouxe como tema a locadora de tempo. “Os alunos alugam gibis, CDs, jogos passatempo e até maquiagem! O aluguel custa dois reais e tudo é negociado diretamente com as crianças, eu aqui, só observo (risos). Esse projeto é muito importante para que as crianças se desenvolvam na área do empreendedorismo. Esse é o nosso papel, educar para a vida, e o Sebrae tem sido nosso grande suporte nesse aspecto”, conclui a professora.

Neuza Raulino é avó de Ana Lívia, aluna do 4º ano da escola Cor de Jambo, e afirma que está contente com os resultados do projeto JEPP. “Minha neta nem dormiu direito à noite, ansiosa para vir à feira. Me fez comprar alguns ingredientes para a pipoca gourmet com leite em pó, e tinha que ser do melhor, para que o produto final ficasse gostoso e tivesse boas vendas. E foi um dos mais vendidos. Estou feliz porque Lívia pode se tornar uma grande empresária quando for adulta, já está aprendendo desde cedo”, confirma Neuza.

Ana Lívia, de 10 anos, confirma que a aprendizagem foi válida. “Estou muito feliz com o resultado do nosso esforço. Aprendemos a trabalhar em equipe, somos sócios de um negócio de pipoca doce e vendemos tudo. Os professores nos repassaram tudo o que era preciso para termos um negócio de sucesso e deu certo”, disse, entusiasmada, a aluna.

Para mais informações sobre a atuação do Sebrae, acesse o site www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode entrar em contato pelo número de WhatsApp (69) 98130 5656 ou pelas plataformas InstagramFacebookTwitterLinkedIn eYouTube, no perfil Sebrae RO.

– Por Cristiano Borges Rodrigues 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *