“No avião viajavam 67 passageiros – 65 adultos e duas crianças -. Entre eles há cerca de 40 cidadãos bengaleses, 25 nepaleses, um chinês e um maldivo. Havia quatro membros da tripulação, dois pilotos e dois membros de cabine”, explicou à Agência Efe um porta-voz de US-Bangla, Kamrul Islã.

O porta-voz confirmou que há vítimas mortais no acidente, mas esclareceu que ainda desconhecem o número de mortes e também “quanta gente ficou ferida ou está hospitalizada”.

As autoridades do aeroporto confirmaram que até o momento há pelo menos 40 mortos.

“Nossa equipe se dirige o mais rápido possível ao Nepal”, concluiu Islã.

O porta-voz da polícia do Nepal, Manoj Neupane, indicou à Efe que até o momento foram confirmados sete mortos.

O avião, um Bombardier Dash 8, com matrícula S2-AGU que chegou a Katmandu procedente de Daca, caiu durante a manobra de aterrissagem no aeroporto internacional Tribhuvan, o que provocou um incêndio e gerou uma grande coluna de fogo e fumaça.

Este é um dos piores acidentes dos últimos anos no Nepal, onde na última década várias pequenos aviões caíram, deixando dezenas de mortos, muitos deles turistas que visitavam o montanhoso país encravado na cordilheira do Himalaia.

Da Agência EFE